Expansão da capacidade de conectividade da RCT-SC

Em a expande a sua com a , passando de 320 Mbps para  utilizando tecnologias de enlace MPLS e MetroEthernet com capacidade mínima de 512 Kbps e máxima de 40 Mbps. A iniciativa manteve o foco em IESs, Unidades de Pesquisa e Incubadoras, com 121 unidades conectadas.